Jornal Cândido: Mar Paraguayo de Wilson Bueno é o destaque de maio

jornalcandido70-bpp-literatura-muitoparanaA 70ª edição do jornal Cândido, editado mensalmente pela Biblioteca Pública do Paraná, traz como destaque um especial sobre os 25 anos do livro Mar paraguayo, do paranaense Wilson Bueno. Esgotada e sem previsão de nova publicação no Brasil, a obra terá edições nos Estados Unidos e França neste ano.
Uma ampla reportagem traz informações sobre a narrativa que mistura português, espanhol e guarani e que borra as fronteiras entre os gêneros literários. Uma segunda matéria apresenta aos leitores alguns dos principais momentos da trajetória de Bueno (1949-2010), escritor que atuou na imprensa, idealizador do suplemento de cultura Nicolau (1987-1996), com passagens pelo jornal O Globo e pela revista Ideias. O jornalista Luiz Manfredini, amigo de infância de Bueno, está finalizando uma biografia romanceada do escritor, e o Cândido publica um dos capítulos da obra.
O Cândido 70 traz um especial sobre a sátira. O jornalista e tradutor Christian Schwartz faz uma análise histórica do surgimento e desenvolvimento do gênero e apresenta um panorama dos autores essenciais no mundo e no Brasil. Pesquisador e professor no King’s College London, Felipe Botelho Corrêa analisa o ímpeto subversivo e a potência combativa dos escritos satíricos de Lima Barreto.
Outro destaque é a transcrição do bate-papo com Paulo Venturelli, que participou de uma edição do projeto Um escritor na Biblioteca. O escritor e jornalista José Castello revisita a obra do escritor argentino Ricardo Piglia e discute a ressonância e as potencialidades do legado do autor morto em janeiro deste ano. O Cândido de maio de 2017 ainda publica um conto de Otávio Linhares, um poema de Ronald Augusto e uma crônica de Lima Barreto.
Você pode ler o Cândido online através do link oficial: [http://www.candido.bpp.pr.gov.br/]

Leave A Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *