Santa Casa de Curitiba livro muito post

Santa Casa de Curitiba lança livro que conta história da instituição

A história da Santa Casa de Curitiba se confunde com a história da própria cidade. Comemorando seus 140 anos, o mais antigo hospital da capital está lançando, no mês de maio, o livro “Santa Casa de Curitiba: Presente para o Futuro”, que fará um resgate da história e da memória do hospital.

Realizado em parceria com a Associação Médica do Paraná (AMP), o material faz parte da campanha #SantaCasaaFavordaVida, por meio da qual a entidade pretende arrecadar fundos para a compra de materiais médicos, insumos, além de custear despesas extras com profissionais. Todas as ações serão voltadas ao combate do novo Coronavírus.

“A Santa Casa é uma instituição que fez e continua fazendo parte da vida de muitos curitibanos, sendo reconhecida na cidade por sua atuação na saúde. Esse livro será uma oportunidade de conhecer novas e curiosas histórias, como, por exemplo, que o hospital esteve presente no combate a grandes pandemias, como a de Cólera na década de 1850, ou ainda de Febre Tifoide em 1917 e da Gripe Espanhola em 1918, além de ouvir a voz de grandes nomes da Medicina paranaense, que muito contribuíram para o desenvolvimento do estado”, explica explica Eduardo Otoni, diretor-geral da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Curitiba.

Todas as vendas do livro serão revertidas para a campanha que ampliará a capacidade de atendimento do tradicional hospital para auxiliar no combate à pandemia, e o lançamento do material coincide com a criação do Museu da História da Medicina do Paraná. “Quem não tem história para contar não tem futuro. Nós temos que mostrar o processo evolutivo da história e pensar no futuro. E o futuro é um desafio construído diariamente. Então, temos que preservar a história, cultuá-la e valorizá-la”, diz o presidente da AMP, Dr. Nerlan Carvalho.

O livro ainda contará com prefácios do prefeito de Curitiba, Rafael Greca e do Arcebispo Emérito de Curitiba, Dom Pedro Antônio Fedalto, além da participação do Dr. Carlos Alberto Ravazzani, membro do Instituto Histórico e Geográfico do Paraná, e do Dr. Ehrenfried Othmar Wittig, neurologista que foi mentor e diretor do Museu da História da Medicina da Associação Médica do Paraná. “Precede o livro a narrativa monumental para memória urbana de Curitiba, Patrimônio Cultural do Paraná, do Brasil e da Humanidade, de toda história acumulada neste esplêndido prédio histórico, onde este livro é oportunamente editado. Guardem os que vão nascer, assim como nós o fazemos perpétua memória destes médicos humanistas que foram grandes e foram nossos”, diz o prefeito de Curitiba e ex-ministro do Esporte e Turismo, Rafael Greca.

Os livros serão vendidos por R$ 50, mas no portal em que serão realizadas as vendas, os interessados poderão também fazer doações extras para a campanha e, dependendo do valor, é possível saber quais materiais serão adquiridos com o valor doado. “A pessoa que comprar o livro e desejar doar mais R$ 50, por exemplo, vai auxiliar na compra de 15 máscaras. Já aquele que tiver interesse em comprar o livro e doar mais R$ 500 auxiliará na compra de 75 filtros umidificadores para respirador. Essa transparência faz parte dos valores da Santa Casa e traz ao público ainda mais o desejo de fazer parte desta ação”, garante Marco Sanfelice, gerente de relações institucionais do hospital.

Para participar, basta acessar: http://santacasacuritiba.com.br/museu/loja/

Você pode enviar seu pedido de pauta, notícias, dicas, reclamações, recados, xingamentos ou qualquer dúvida – clique aqui; ou pelo WhatsApp 41 99814-0322 (Fale diretamente neste link).

Sobre a Santa Casa de Curitiba

Em 2020 a Santa Casa de Curitiba completa 140 anos. O Complexo Hospitalar e Ambulatorial da Santa Casa de Curitiba é um dos mais completos da região e está estruturado para atendimentos de média e alta complexidade. Está instalado em uma área total de 17,5 mil m², em uma edificação histórica, localizada no coração de Curitiba, que mantém preservada sua fachada e sua arquitetura tradicional. O Hospital conta com centro cirúrgicos, UTIs, unidade de pronto-atendimento (com área exclusiva para atendimentos a casos suspeitos de coronavírus), além de serviços como hemodinâmica, hemodiálise, centro de imagem e ambulatório. Conta ainda com uma equipe de mais de 1.300 colaboradores diretos e 450 médicos.

Atende por ano mais de 120 mil pacientes ambulatoriais, realiza aproximadamente 10 mil cirurgias, além de milhares de exames e procedimentos terapêuticos em mais de 20 especialidades médicas, sendo em média 79% desses atendimentos pelo Sistema Único de Saúde – SUS.

Leave A Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *